Estão falando de nós

A PSYKHÉ NA IMPRENSA

Tenha acesso a todo o conteúdo referente à Psykhé, que a imprensa divulgou



WhatsApp Image 2020-07-20 at 16.48.24

 

No dia 20 de julho é comemorado o dia do amigo. Amigo é aquele por quem se cria um laço, que demonstra afeto e amizade. Para tal, a capacidade de manter ou criar novas amizades é uma tarefa e tanto. Não é simples conviver com a diferença de um outro, que por vezes, pode ser tão igual, mas que ainda assim tem seus pormenores. Hoje, em tempos de pandemia e isolamento social, não faça isolamento afetivo. Invista: em ligações, em uma mensagem de carinho, em demonstrar interesse. Pergunte como vai, o que tem inventado. Amigos, mesmo que distantes, demonstram-se como lembretes: de boas memórias e de afeto.⁣

Como bem colocado por Vinicius de Moraes em “Soneto do Amigo”: ⁣
“É bom sentá-lo novamente ao lado⁣
Com olhos que contêm o olhar antigo⁣
Sempre comigo um pouco atribulado⁣
E como sempre singular comigo⁣
Um bicho igual a mim, simples e humano”. ⁣



🌸 Cuide da sua saúde mental. ⁣


🌸 Marque seus amigos. ⁣


🌸 Deixe seu comentário. ⁣


🌸 Curta e compartilhar. ⁣


💁🏻 Eu indico a @psykhe21.⁣

#psykheblumenau #blumenau #psicologia #psicoterapia #saudemental #diadoamigo



WhatsApp Image 2020-07-09 at 19.21.50

Minha mulher, psicóloga, me incumbiu deste texto. Dez anos com uma psicóloga, imaginem onde estou enfiado. “Ninguém é normal”, foi uma das primeiras máximas vinda da literatura psico a me ser recomendada. Fui movido a tomá-la por princípio e, desde então, as incertezas rondam meu código de discernimento sobre os humanos. Pensando bem, uma suposta “normalidade” seria mesmo como? E na tal dogmática anormalidade geral e irrestrita, o que é ser homem? Sim, houve grandes homens, de Gandhi a Churchill, mas a paz e a guerra que propunham não os credenciam para algo tão abrangente. Posso bem imaginar meu pai sem o menor vacilo ante a pergunta, porém, do jeito atabalhoado como os hábitos, a política, a ética e o modelo das calças foram se modificando desde que meu velho era jovem, eu, aqui em 2020, preciso ser cuidadoso para não me sair com uma máxima inoportuna. Se for apanhado por um surto feminista ou patrulhamento progressista, é execração certa. Melhor, conforme um personagem machadiano, é “dar às de vila-diogo”. Traduzindo: sair pela tangente. Não é fugir do tema. Páginas poderiam ser escritas sobre ser homem, bastaria consultar os apanhados sobre educação, boas maneiras, caráter, cidadania, patriotismo, justiça, lealdade, etc. No entanto, já que perguntam, para mim a inegociável e principal condição de homem, o ponto de partida, está no “approach” e no convívio com as mulheres. Apesar de o sertanejo universitário, o analfabetismo funcional e a sofrível posição no Pisa colocarem em risco toda nossa gama de regras sociais, um homem precisa resistir a isso. E ser um cavalheiro. Um homem naturalmente cavalheiro saberá ser homem vida afora e estará aberto a muitos predicados. Não estranhe, mas um homem que acompanha uma mulher pelo lado de fora da calçada já é naturalmente homem. E – por que não? – normal.
🙋🏽‍♂️ Eu indico a @psykhe21

🔹️ Cuide da sua saúde mental.

🔹️ Marque seus amigos.

🔹️ Curta e compartilhe.

👇🏼 Comente aqui o que é ser homem.

#diadohomem #psykhe #psykheblumenau #psicoterapia #avaliacaopsicologica #saudemental #homemdevalor #homemderespeito #homemdeverdade #blumenau #homematualizado #homemmoderno



post

Em 22 de maio é comemorado o Dia do Abraço. A celebração surgiu pela iniciativa de um australiano chamado Juan Mann, que criou a campanha Free Hugs Campaign (Campanha dos Abraços Grátis) em 2004, com o objetivo de distribuir abraços gratuitos pelas ruas de Sydney.

O abraço é um tipo de demonstração de afeto, adotado por várias culturas no mundo. O que é melhor do que um abraço para nos sentirmos acolhidos, protegidos, cuidados e amados? Devido à todos os efeitos positivos de abraçar e ser abraçado, este gesto tem grande importância para nossa saúde mental.

Tivemos que deixar esta prática um pouco de lado, temporariamente, por conta da Pandemia de Covid-19. Mas, felizmente, temos muitas outras formas de demonstrar carinho.

Será que você, assim como nós, também está com saudade dos abraços? Conta aqui pra gente!

Psicóloga Janaína Soares
CRP-12/18764


Dia-Internacional-contra-a-Homofobia-2020-1-1200x1200.jpg

Em 1990, a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças. Desde então, o 17 de maio virou símbolo da luta por direitos humanos e pela diversidade sexual, contra a violência e o preconceito.
O Dia Internacional contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia foi criado meio a um cenário em que atitudes homofóbicas e transfóbicas ainda estão profundamente arraigadas globalmente, expondo lésbicas, gays, bissexuais, pessoas trans e intersex (LGBTI) de todas as idades a violações aos direitos humanos.
No Brasil, esta data está incluída no calendário oficial do país desde 2010, de acordo com o Decreto de 4 de junho desse ano.

logo-psykhe-white

Marque a sua consulta com a Psykhé. Temos o melhor time para atender você pessoalmente, home care (atendimento em domicílio) ou na clínica.

Últimas Notícias

Psykhé | 2020. Todos os direitos reservados.